Alepi

A ASSEMBLEIA | GALERIA DE FOTOS | WEBMAIL | NOTÍCIAS | OUVIDORIA | Organograma |
04-07-19 12:30

Deputado Franzé parabeniza a cidade de Piripiri pela passagem dos seus 109 anos


Franzé parabeniza Piripiri pela passagem dos seus 109 anos
O deputado Franzé Silva (PT) parabenizou hoje (04), no tempo dedicado aos pronunciamentos de dois minutos, o município de Piripiri pelo seu aniversário de emancipação política, que transcorre neste dia 4 de julho, quando são completados 109 anos. Ele registrou o convite do prefeito Luiz Cavalcante e Menezes a todos os deputados para participarem dos eventos alusivos à data e disse que não poderia se fazer presente devido a compromissos anteriores. “Também fui votado naquele município e quero parabenizar ao prefeito, que considero uma das maiores lideranças políticas da região, e a todos os piripirienses, um povo ordeiro e trabalhador”, afirmou.
O município de Piripiri se estende por 1.408,9 quilômetros quadrados e contava com 61.834 habitantes no último censo do IBGE, com densidade demográfica de 43,9 pessoas por quilômetro quadrado. Fica vizinho aos municípios de Lagoa do São Francisco, Brasileira e Capitão de Campos.
Até o início da colonização portuguesa, no século XVI, a região era habitada pelos índios Tremembés. O padre Domingos de Freitas e Silva é considerado o fundador da cidade a partir de 1844, quando começou a cultivar as terras que dariam origem ao engenho Anajás, produzindo cachaça e rapadura. Depois, a área da fazenda foi dividida em lotes doados a quem quisesse morar ali. Em 1860 se tornou “Distrito de Paz” e em 1874 foi elevado à categoria de Vila. Dez anos depois foi inaugurada a primeira Igreja matriz de Piripiri e em 1910 tornou-se município autônomo.
Seus principais pontos turísticos são o açude Caldeirão, o Parque Nacional de Sete Cidades, as formações rochosas Pilões, com fauna e flora de cerrados e locais para mergulho, além das trilhas. Também merece ser visto o Museu Perypery, o parque municipal Cachoeira da Conceição, o Memorial Expedito Rezende, a praça de eventos Arimatéa Sousa e o santuário de Nossa Senhora dos Remédios, localizado no Morro da Saudade.
Duas personalidades merecem destaque pelas contribuições que proporcionaram à cidade, ao Estado e à Nação. A primeira foi o Embaixador Expedito de Freitas Rezende. Homem culto e que serviu ao País nas embaixadas da Argentina, Paraguai, Chile e Vaticano, onde veio a falecer. Sua maior contribuição para o País foi a negociação do Tratado da Itaipu Binacional, emprendimento que até hoje representa 19% de toda a energia consumida pela Brasil. 
A segunda, não menos importante, foi o professor Omar de Andrade Rezende. educador reconhecido regionalmente, pioneiro na implantação do antigo Ginásio em Piripiri, e que teve como maior mérito, abdicar do direito de mantê-lo como instituição privada, estadualizando-a, a fim de que todos os piripirienses pudessem cursá-la.
Durvalino Leal

O deputado Franzé Silva (PT) parabenizou hoje (04), no tempo dedicado aos pronunciamentos de dois minutos, o município de Piripiri pelo seu aniversário de emancipação política, que transcorre neste dia 4 de julho, quando são completados 109 anos. Ele registrou o convite do prefeito Luiz Cavalcante e Menezes a todos os deputados para participarem dos eventos alusivos à data e disse que não poderia se fazer presente devido a compromissos anteriores. “Também fui votado naquele município e quero parabenizar ao prefeito, que considero uma das maiores lideranças políticas da região, e a todos os piripirienses, um povo ordeiro e trabalhador”, afirmou.


O município de Piripiri se estende por 1.408,9 quilômetros quadrados e contava com 61.834 habitantes no último censo do IBGE, com densidade demográfica de 43,9 pessoas por quilômetro quadrado. Fica vizinho aos municípios de Lagoa do São Francisco, Brasileira e Capitão de Campos.


Até o início da colonização portuguesa, no século XVI, a região era habitada pelos índios Tremembés. O padre Domingos de Freitas e Silva é considerado o fundador da cidade a partir de 1844, quando começou a cultivar as terras que dariam origem ao engenho Anajás, produzindo cachaça e rapadura. Depois, a área da fazenda foi dividida em lotes doados a quem quisesse morar ali. Em 1860 se tornou “Distrito de Paz” e em 1874 foi elevado à categoria de Vila. Dez anos depois foi inaugurada a primeira Igreja matriz de Piripiri e em 1910 tornou-se município autônomo.


Seus principais pontos turísticos são o açude Caldeirão, o Parque Nacional de Sete Cidades, as formações rochosas Pilões, com fauna e flora de cerrados e locais para mergulho, além das trilhas. Também merece ser visto o Museu Perypery, o parque municipal Cachoeira da Conceição, o Memorial Expedito Rezende, a praça de eventos Arimatéa Sousa e o santuário de Nossa Senhora dos Remédios, localizado no Morro da Saudade.


Duas personalidades merecem destaque pelas contribuições que proporcionaram à cidade, ao Estado e à Nação. A primeira foi o Embaixador Expedito de Freitas Rezende. Homem culto e que serviu ao País nas embaixadas da Argentina, Paraguai, Chile e Vaticano, onde veio a falecer. Sua maior contribuição para o País foi a negociação do Tratado da Itaipu Binacional, emprendimento que até hoje representa 19% de toda a energia consumida pela Brasil. A segunda, não menos importante, foi o professor Omar de Andrade Rezende. educador reconhecido regionalmente, pioneiro na implantação do antigo Ginásio em Piripiri, e que teve como maior mérito, abdicar do direito de mantê-lo como instituição privada, estadualizando-a, a fim de que todos os piripirienses pudessem cursá-la.


Durvalino Leal - Edição: Caio Bruno 



 



Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 
Copyright © 2013 - Assembleia Legislativa do Piauí