Alepi

A ASSEMBLEIA | GALERIA DE FOTOS | WEBMAIL | NOTÍCIAS | OUVIDORIA | Organograma |
19-02-18 13:52

Marden Menezes repercute discurso de Robert Rios

 

O deputado Marden Menezes (PSDB) esteve na tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Piauí (Alepi), nesta manhã de segunda-feira (19), onde fez algumas observações acerca da fala do deputado Robert Rios (PDT) que o antecedeu.
Segundo o parlamentar, por ser um ano eleitoral, o debate tende, por natureza,  a ser mais acirrado e deverá ser um divisor de águas para o Brasil e para o Piauí. Um momento de contestações das instituições, intervenção do governo do Rio de Janeiro, pelo crescimento absurdo da violência.
Ele ressaltou que o país vivencia uma situação caótica, nos últimos 20 anos, por modelos de gestão, que olham para a classe política e esquecem da prestação de serviços à sociedade. Marden lembrou que esse é o terceiro mandato do governador Wellington Dias, onde foram muitas as promessas e citou, por exemplo, a construção do Porto de Luís Correia, a indústria do biodiesel que faria combustível barato, para a população, a transcerrados, a descentralização da saúde, a melhoria da segurança pública, entre outras.
“A saúde está na mesma situação de há dez anos atrás; a segurança vai de pior a péssima;  os policiais sem aumento de salários, delegados da Polícia Civil tiveram benefícios cortados; estamos com esse cenário, que quem está em casa, desempregado, sem perspectivas, vendo o Piauí com sua estrutura ainda arcaica e obsoleta, não sente expectativas de melhorar o seu futuro”, observou  Marden Menezes.
Ele lamentou que com toda essa situação de calamidade no estado do Piauí, ainda é divulgada uma pesquisa que diz que 70% da população quer continuar do jeito que está. “Esta tudo uma beleza, tudo maravilho, tudo perfeito”, ironizou.
Na opinião do parlamentar, é preciso confiança e convicção de que é preciso mudanças, porque da maneira em que o quadro atual se apresenta o Piauí não agüenta mais nem dois anos. E que é preciso ter um governante que olhe para a sociedade e não para a classe política.    
O deputado  falou que na Alepi existem 14 suplentes de deputados, num total de 50% da Casa, de parlamentares convocados com arranjos e acomodação política. E que em outubro, a sociedade irá dizer se quer a mudança.
APARTE – O deputado Luciano Nunes (PSDB) parabenizou Marden Menezes pelo discurso e reafirmou o convite realizado pelo Instituto Teotônio Vilela de um seminário que irá acontecer no município de Piripiri, no território de Cocais, no próximo dia 23. Segundo ele, o seminário tem como objetivo discutir questões inerentes aos municípios e irá iniciar pelo município de Cocais, na região de Piripiri. “O seminário ocorrerá nas demais regiões do estado do Piauí. Esse governo fracassou em seu modelo de gestão e o convite é para todos os que comungam com as nossas idéias e com o sentimento de mudança e que o Piauí pode dar certo”, finalizou.
O deputado Marden Menezes destacou a atitude do deputado Luciano Nunes, como sendo digna e de um homem que conhece todo o Estado. Um homem sereno e conciliador. Ele disse ianda que é impressionante a aceitação do nome de Luciano Nunes, para concorrer ao Governo do Estado do Piauí.
O parlamentar falou da importância do ciclo de debates, nas regiões do Estado, para que toda população possa conhecer um plano sério de governo, realista, abalizado e bem feito, para mudar o Piauí, para melhor.  Lindalva miranda      

O deputado Marden Menezes (PSDB) foi à tribuna da Assembleia Legislativa na manhã desta segunda-feira (19), para fazer algumas considerações relacionadas ao discurso do deputado Robert Rios (PDT) que o antecedeu. Segundo o parlamentar, por ser um ano eleitoral, o debate tende, por natureza, a ser mais acirrado, um momento de contestações das instituições, citando a intervenção militar na sergurança pública do Rio de Janeiro.

 

Marden Menezes ressaltou que o país vivencia uma situação caótica nos últimos 20 anos, por modelos de gestão, que olham para a classe política e esquecem da prestação de serviços à sociedade. Marden lembrou que esse é o terceiro mandato do governador Wellington Dias, onde foram feitas muitas as promessas que acabaram não cumpridas. E citou a construção do porto de Luís Correia, a indústria do biodiesel, que faria combustível barato para a população, as obras da Transcerrados, a descentralização da saúde, a melhoria da segurança pública, entre outras.

“A saúde está na mesma situação de há dez anos. A segurança vai de pior a péssima, os policiais sem aumento de salários, delegados da Polícia Civil tiveram benefícios cortados. Estamos com esse cenário, que quem está em casa, desempregado, sem perspectivas, vendo o Piauí com sua estrutura ainda arcaica e obsoleta, não sente expectativas de melhorar o seu futuro”, observou  Marden Menezes.

 

O orador lamentou que com toda essa situação de calamidade no Piauí, ainda é divulgada uma pesquisa que diz que 70% da população quer continuar do jeito que está. “Esta tudo uma beleza, tudo maravilho, tudo perfeito”, ironizou.

Na opinião do parlamentar, é preciso confiança e convicção de que as mudanças são necessárias, porque da maneira em que o quadro atual se apresenta o Piauí não agüenta mais nem dois anos. E que é preciso ter um governante que olhe para a sociedade e não para a classe política.    

O deputado  falou que na Alepi existem 14 suplentes de deputados, num total de 50% da Casa, de parlamentares convocados com arranjos e acomodação política. E que em outubro, a sociedade irá dizer se quer a mudança.

Aparte 

O deputado Luciano Nunes (PSDB) parabenizou Marden Menezes pelo discurso e reafirmou o convite realizado pelo Instituto Teotônio Vilela de um seminário que irá acontecer no município de Piripiri, no território de Cocais, no próximo dia 23.

Segundo ele, o seminário tem como objetivo discutir questões inerentes aos municípios e irá iniciar pelo município de Cocais, na região de Piripiri.

“O seminário ocorrerá nas demais regiões do estado do Piauí. Esse governo fracassou em seu modelo de gestão e o convite é para todos os que comungam com as nossas idéias e com o sentimento de mudança e que o Piauí pode dar certo”, finalizou.

O deputado Marden Menezes destacou a atitude do deputado Luciano Nunes, como sendo digna e de um homem que conhece todo o Estado, sereno e conciliador, acrescentando que é impressionante a aceitação do nome de Luciano Nunes para concorrer ao Governo do Estado do Piauí. O parlamentar falou da importância do ciclo de debates, nas regiões do Estado, para que toda população possa conhecer um plano sério de governo, realista, abalizado e bem feito, para mudar o Piauí, para melhor. 

Texto: Lindalva Miranda
Edição: Paulo Pincel      



 



Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 
Copyright © 2013 - Assembleia Legislativa do Piauí