Alepi

A ASSEMBLEIA | GALERIA DE FOTOS | WEBMAIL | NOTÍCIAS | OUVIDORIA | Organograma |
06-02-18 14:02

Projeto de Lei quer a criação do cadastro estadual de pedófilos

 

O deputado estadual Dr. Hélio (PR) apresentou, na manhã desta terça-feira (06) projeto de Lei que cria o Cadastro Estadual de Pedófilos no Estado do Piauí. O cadastro deve ficar sob responsabilidade da Secretaria de Segurança Pública, que regulamentará a criação, atualização, divulgação e acesso ao cadastro.
 
Na justificativa do Projeto de Lei, o deputado destaca a dificuldade encontrada na apuração de crimes desta espécie que está ligada ao silêncio da vítima, que por medo de novas agressões ou por não querer reviver o sofrimento, acaba não relatando o ocorrido.
 
“Fato que muito contribui para este triste cenário é a falta de dados compilados em um único cadastro, construído e alimentado pelos órgãos de segurança pública do Estado. E um cadastro nesses moldes, além de possibilitar um ponto de partida para investigações policiais, certamente facilitará um monitoramento seja pela polícia, conselhos tutelares e até mesmo pelos próprios pais”, disse o parlamentar, em justificativa do PL.
 
Após a sua leitura e aprovação em plenário, o Projeto deve seguir para ser analisado pelas Comissões da Assembleia Legislativa.
 
Laryssa Saldanha

O deputado estadual Dr. Hélio (PR) apresentou, na manhã desta terça-feira (6), projeto de Lei que cria o Cadastro Estadual de Pedófilos no Estado do Piauí. O cadastro deve ficar sob responsabilidade da Secretaria de Segurança Pública, que regulamentará a criação, atualização, divulgação e acesso ao cadastro.
 
Na justificativa do Projeto de Lei, o deputado destaca a dificuldade encontrada na apuração de crimes desta espécie que está ligada ao silêncio da vítima, que por medo de novas agressões ou por não querer reviver o sofrimento, acaba não relatando o ocorrido.
 
“Fato que muito contribui para este triste cenário é a falta de dados compilados em um único cadastro, construído e alimentado pelos órgãos de segurança pública do Estado. E um cadastro nesses moldes, além de possibilitar um ponto de partida para investigações policiais, certamente facilitará um monitoramento seja pela polícia, conselhos tutelares e até mesmo pelos próprios pais”, disse o parlamentar, em justificativa do PL.
 
Após a sua leitura e aprovação em plenário, o Projeto deve seguir para ser analisado pelas Comissões da Assembleia Legislativa.

Texto: Laryssa Saldanha
Edição: Paulo Pincel

 



 



Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 
Copyright © 2013 - Assembleia Legislativa do Piauí