Alepi

A ASSEMBLEIA | GALERIA DE FOTOS | WEBMAIL | NOTÍCIAS | OUVIDORIA |
02-01-18 14:00

Lideranças avaliam trabalho do Legislativo e relação com o Governo

Os deputados João de Deus (PT), líder do Governo e Robert Rios (PDT) líder da oposição fizeram um balançao da atividade parlamentar em 2017. Os dois parlamentares avaliaram o trabalho a Casa e o relacionamento do Governo com o Legislaitivo. 

 

 

 

Alepi- Qual a avaliação que o senhor faz dos projetos apresentados na Alepi em 2017?

Robert Rios - A Casa apresentou vários projetos. Inclusive eu apresentei aqui, na Casa, uma meia dúzia de projetos de controle de corrupção. Sistematicamente os projetos foram aprovados, aqui na Casa, e o governador vetou os projetos. O governador não gosta de projetos que combatam a corrupção. E ao mesmo tempo, projetos importantes, apreciados e que foram aprovados.

 

Alepi -  Algum projeto que o senhor discorda?

Robert Rios -  Também foram aprovados projetos que contrariavam o interesse e a vontade do povo do Piauí. Essa Casa teve dois projetos aumentando impostos, que eu discordo. Essa Casa teve três projetos autorizando o governador a tomar empréstimos, cujo dinheiro do empréstimo foi desviado. Tiveram projetos danosos ao povo do Piauí. Danosos porque o governo tomou empréstimo, recebeu o empréstimo e jogou fora o dinheiro do empréstimo. E o povo vai ter que pagar esse empréstimo.

 

Alepi - Algum projeto polêmico?

Robert Rios -  Todos os projetos que aumentavam impostos foram projetos polêmicos. Inclusivo aumentando cargos. O governo criou vários cargos. O governo quebrado, falido, tomando empréstimo e criando cargos.

 

 

Alepi - Como o senhor resume o ano em termos de aprovação, ou não, de projetos?

Robert Rios - Eu diria que foi assim, um ano meio a meio para essa Casa. Projetos importantes foram             aprovados, mas projetos que contrariam a vontade do povo, também foram aprovados. Principalmente os que aumentavam impostos e os que autorizavam o governo a tomar empréstimos.

 

 

Alepi - A Alepi cumpriu o seu papel?

Robert Rios - A Assembleia, eu tenho dito que é um “puchadinho” do Palácio de Karnak. A Assembleia está aqui não para defender o povo do Piauí, a Assembleia está aqui, em sua grande maioria, para defender a vontade do governador Wellington Dias.

E é por isso que o governador deu DAS para deputado, deu cargos para deputado e nomeou parente de deputado. É justamente para ter o controle da Assembleia. E como ele tem o controle da Assembleia, ele aprovou várias matérias que não têm interesse nenhum para o povo do Piauí.       

 

 

Deputado João de Deus (PT) - Líder do Governo 

 

Alepi- Qual a avaliação que o senhor faz dos projetos apresentados na Alepi em 2017 ?

João de Deus - Avaliação muito positiva. Eu estou aqui há 15 anos e todo ano, em tempos passados, a gente sempre precisava se reunir, aqui, no final do ano, para definir quais as matérias que a gente colocava na pauta para encerrar os trabalhos, já que não dava para colocar todas. Esse ano nós estamos encerrando igual ao ano passado, com a pauta cem por cento limpa, o que é muito bom.

 

 

Alepi - O que contribuiu para a agilidade de aprovação das pautas?

João de Deus - Houve um esforço muito grande da Casa, das comissões técnicas, do Plenário, para que pudéssemos ter todas as matérias que aqui chegaram e foram apresentadas. Quer seja por iniciativa do poder Legislativo, através dos deputados ou através do Poder Executivo ou por iniciativa do Ministério Público e do Tribunal de Justiça ou até do Tribunal de Contas, com exceção daquelas que ainda estão em trâmite. E essas matérias que estão em trâmite eu acredito que iremos votar, juntamente com a votação do Orçamento.

 

Alepi - Qual o resumo que o senhor faz do ano em termos de aprovação, ou não, de projetos?

 João de Deus - Foi um ano de muito debate, de muita discussão, de muitas votações.

 

Alepi - Em sua opinião, alguma matéria foi mais polêmica?

João de Deus - Muitas matérias polêmicas, talvez nem tanto quanto a PEC que nós tivemos aqui, no final do ano passado, mas matérias polêmicas onde a oposição se posiciona contra, o governo à favor. E muitos requerimentos, pedindo calçamento, estradas, ambulâncias, enfim...

 

 

Alepi - Em sua opinião, a Assembleia cumpriu o seu papel?

João de Deus - Não tenho a menor dúvida de que a Assembleia cumpriu o seu papel que é o de aprovar aquilo que aqui chega. Aprovar ou rejeitar. De forma que a Assembleia conseguiu até veto. Aqui nós tivemos um acúmulo de vetos de quatro a cinco anos do governo passado e este ano nós tivemos um entendimento de que a gente precisaria limpar os vetos também. Tanto é que nós tivemos dia de votação de dez a quinze vetos. Então, praticamente com a pauta limpa a Assembleia cumpre o seu papel, o que significa que independe de divergência e mais, as pessoas às vezes não tem um conceito muito bom da política, da Assembleia, dos parlamentares, dos deputados. E aqui, pode ter um ou outro deputado que uma vez ou outra não pode vir, falta, enfim. Mas no geral nós tivemos um saldo altamente positivo, com a Assembleia cumprindo o seu papel.      



Lindalva Miranda - Edição: Katya D'Angelles




 



Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 
Copyright © 2013 - Assembleia Legislativa do Piauí