Alepi

A ASSEMBLEIA | GALERIA DE FOTOS | WEBMAIL | NOTÍCIAS | OUVIDORIA | Organograma |
06-08-20 07:49

Carlos Augusto lamenta assassinato de PMs por presos liberados pela Justiça

Deputada estadual Coronel Carlos Augusto (PL)

Na manhã desta quarta-feira (5) durante o tempo destinado aos pequenos avisos, o deputado Carlos Augusto (PL), fez um relato sobre o momento vivenciado pelas pessoas no mundo e, mais especificamente, no Piauí, relacionado a Pandemia do novo coronavírus.
O parlamentar se reportou em particular as questão de dificuldades enfrentadas pelo sistema de segurança pública do estado do Piauí, pelos policiais que estão na linha de frente. Segundo o deputado, é preocupante a liberação de cerca de seiscentos presos foram liberados dos presídios e que esses presos têm tocado o terror no Estado.

“Somente nos últimos quinze dias foram mortos três policiais por tentativa por latrocínio. Foram soltos quase seiscentos presos, de forma absurda, somente no estado do Piauí. Essas pessoas têm feito muitas vítimas, oriundas desses presos. São 22 policiais mortos, pelo covid-19, mais de seiscentos policiais contaminados. Somos a linha de frente”, enumerou.

O coronel Carlos Augusto também comentou sobre as dificuldades no sistema de segurança pública no Piauí, da Polícia Militar (PM) são muitos, com a falta muitas vezes de estrutura e falou ainda da necessidade de aumento do contingente policial no estado.

“Estamos há dois anos sem concurso público, e todos os meses temos uma defasagem no nosso efetivo, por conta de aposentadorias dos nossos policiais, e não temos nem a previsão, para quando isso seja reposto”. O parlamentar concluiu dizendo que viveu 30 anos na PM e chorou muito, enquanto comandante geral da PM, em velório de policias.

E disse que é inaceitável ver a quantidade de homicídios ocorridos no estado do Piauí, nos últimos dias e disse que lugar de preso é em presídios. E deixou sua solidariedade a todas as famílias de policiais

Francisco Limma (PT) - Informou que no próximo dia 10 de agosto, às 15 horas, a Assembleia Legislativas, através de solicitação da Comissão de Fianças, será realizada uma audiência publica, virtual, para debater o Projeto de Lei Ordinária, da Lei de diretrizes Orçamentária, 2021.

O parlamentar convidou a todos os parlamentares, para participarem da reunião. Francisco Limma aproveitou a oportunidade para agradecer ao governador Wellington Dias e aos secretário estadual da Saúde, Florentino Neto, por ter viabilizado o equipamento, denominado “arco cirúrgico”, para o hospital Júlio Hartmann, no município de Esperantina. 

“É uma solicitação nossa, da prefeita Vilma Amorim, de toda a equipe médica e, principalmente dos cirurgiões, daquele hospital. Isso irá possibilitar uma melhor e maior precisão agilidade nas cirurgias”.

E lembrou que a demanda foi apresentada por ele e pelo então deputado (falecido) Assis Carvalho, quando em visita ao município de Esperantina.

O presidente da Alepi, Themístocles Filho (MDB)  aproveitou a fala do deputado Francisco Limma, para dizer que ele, juntamente com o deputado federal Marco Aurélio, conversaram com o governador Wellington Dias, por várias vezes, quando solicitou a instalação de dez UTIs, para a cidade de Esperantina.

“Só uma UTI custa por mês o equivalente a sessenta mil reais. Pedimos ao governador o papel e nos propusemos a pedir ao ministro da Saúde, para habilitar, as UTIs, no município de Esperantina. Com isso, será atendidas cento e setenta mil pessoas, naquela região. Estamos aguardando o documento, para que as UTIs possam ser habilitadas pelo Ministério da Saúde”, ressaltou Themístocles, dizendo que fica feliz, quando qualquer cidadão levar, para algum município, do Piauí, algum benefício. E falou ainda sobre a importância de UTIs em todas as regiões do estado.

B.Sá (PP) iniciou sua fala agradecendo a todos os deputados que aprovaram um projeto de lei de sua  autoria, que pede a suspensão dos prazos e penalidade do ITCMD, durante a situação de calamidade atual, pela qual passa o estado do Piauí, em relação a covid-19. B. Sá agradeceu o parecer do deputado Hélio Isaías, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e ainda do parecer da deputada Elisângela, da Comissão de Finanças.

O parlamentar disse ainda que o intuito do projeto é o da obrigatoriedade da população diante do falecimento de um ente querido, de fazer a abertura do inventário, no prazo de dois meses.

Franzé Silva (PT) – Registrou a data de um mês da partida do ex-deputado Assis Carvalho (PT) e lembrou das ações realizadas pelo deputado Assis Carvalho, no estado do Piauí e, especialmente, pelo Partido dos Trabalhadores.

“Quero usar esse pequeno expediente, como uma forma de homenagem ao deputado Assis Carvalho. Hoje lembramos os trinta dias da partida desse grande líder, e hoje, teremos uma missa na com uma missa na Igreja Santíssima Trindade, no bairro Primavera, e faremos uma transmissão virtual, para todo o Piauí”. Franzé Silva aproveitou a oportunidade para  parabenizar o deputado Francisco Limma, que recebeu a missão de substituir o deputado Assis Carvalho na liderança do PT no Piauí.

Warton Lacerda (PT) solicitou ao presidente da Agespisa, uma maior atenção para o abastecimento de água, no município de Altos. De acordo com o deputado, a cidade de Altos tem 41 mil habitantes e que mais de 15 mil pessoas estão sem água, naquele município.

“A Agespisa não tem nenhum reservatório de água, naquele município. Peço ao presidente da Agespisa, para que se sensibilize e veja o que é possível fazer, pela cidade de Altos” 

O deputado aproveitou para parabenizar  o governador Wellington Dias e ao secretário de Saúde, Florentino Neto, por atender um pedido seu, e encaminhar dois respiradores, para o Hospital municipal de Altos, e disse que a população do município agradece muito.

Lindalva Miranda  



 



Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 
Copyright © 2013 - Assembleia Legislativa do Piauí