Francisco Limma anuncia a liberação da primeira parcela do Seguro Garantia-Safra
13/08/2019 12h38

 

Os agricultores piauienses serão beneficiados com o pagamento de R$ 2,9 milhões através do programa Garantia-Safra. Nesta terça-feira (13), a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz-PI) confirmou a liberação da primeira parcela do recurso. O benefício auxilia agricultores familiares de municípios que enfrentam perdas de safra por causa da seca ou de chuvas excessivas.
 
A liberação do recurso foi resultado da reunião da Frente Parlamentar da Agricultura Familiar da Alepi com a governadora em Exercício, Regina Sousa, na segunda-feira (12). De acordo com o deputado estadual Francisco Limma (PT), a ação ajuda a fortalecer a agricultura familiar.
 
“O programa dá mais segurança ao agricultor familiar, que pode plantar com mais tranquilidade quando recorre ao benefício. Serve para pagar pelas sementes, adubos e outras despesas na próxima safra. O benefício é liberado quando, pelo menos, 50% do conjunto do cultivo de determinadas culturas é perdido, em razão de estiagem ou excesso hídrico”, esclarece o parlamentar.
 
Ainda segundo o líder do Governo na Assembleia, a atuação da Frente Parlamentar da Agricultura Familiar, em sintonia com o Governo do Estado, agilizou o processo de liberação do recurso. “Para nós, é sinal de produtividade que a reunião tenha sido na segunda-feira (12) e no dia seguinte já obtivemos um resultado imediato do Governo do Estado. Quem ganha nisso tudo é a agricultura familiar, os homens e mulheres do campo”, afirma Francisco Limma.
 
Garantia-Safra
 
Garantia-Safra é uma ação do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) para agricultores familiares que se encontram em municípios sistematicamente sujeitos a perdas de safra devido à seca ou ao excesso de chuvas.
 
Os agricultores que aderiram ao Garantia-Safra (GS) nos municípios em que forem verificadas perdas de, pelo menos, 50% do conjunto da produção de feijão, milho, arroz, mandioca, algodão, ou outras culturas definidas pelo órgão gestor do Fundo Garantia-Safra, receberão o benefício Garantia-Safra por meio de cartões eletrônicos disponibilizados pela Caixa Econômica Federal.

O deputado estadual Francisco Limma (PT) comemorou a liberação para os agricultores piauienses de R$ 2,9 milhões através do Programa Garantia-Safra. Nesta terça-feira (13), a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz-PI) confirmou a liberação da primeira parcela dos recursos. O benefício auxilia agricultores familiares de municípios que enfrentam perdas de safra por causa da seca ou de chuvas excessivas.
 
A liberação do recurso foi resultado da reunião da Frente Parlamentar da Agricultura Familiar da Assembleia Legislativa com a governadora em Exercício, Regina Sousa, na segunda-feira (12). De acordo com o deputado Francisco Limma, a liberação dos recursos vai ajudar a fortalecer a agricultura familiar.
 
“O programa dá mais segurança ao agricultor familiar, que pode plantar com mais tranquilidade quando recorre ao benefício. Serve para pagar pelas sementes, adubos e outras despesas na próxima safra. O benefício é liberado quando, pelo menos, 50% do conjunto do cultivo de determinadas culturas é perdido, em razão de estiagem ou excesso hídrico”, explica.
 
Ainda segundo o líder do Governo na Assembleia Legislativa, a atuação da Frente Parlamentar da Agricultura Familiar, em sintonia com o Governo do Estado, agilizou o processo de liberação do recurso. “Para nós, é sinal de produtividade que a reunião tenha sido na segunda-feira (12) e no dia seguinte já obtivemos um resultado imediato do Governo do Estado. Quem ganha nisso tudo é a agricultura familiar, os homens e mulheres do campo”, afirma Francisco Limma.
 
Garantia-Safra
 
Garantia-Safra é uma ação do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) para agricultores familiares que se encontram em municípios sistematicamente sujeitos a perdas de safra devido à seca ou ao excesso de chuvas.
 
Os agricultores que aderiram ao Garantia-Safra (GS) nos municípios em que forem verificadas perdas de, pelo menos, 50% do conjunto da produção de feijão, milho, arroz, mandioca, algodão, ou outras culturas definidas pelo órgão gestor do Fundo Garantia-Safra, receberão o benefício Garantia-Safra por meio de cartões eletrônicos disponibilizados pela Caixa Econômica Federal.

 

Assessoria parlamentar - Edição: Katya D'Angelles

Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí