Evaldo Gomes informa em plenário sua filiação ao Solidariedade
07/03/2019 11h55

 

Evaldo Gomes deixa o PTC e assumirá presidência do Solidariedade
O deputado Evaldo Gomes anunciou hoje (07) a sua filiação ao partido Solidariedade em uma solenidade simples, em seu gabinete,  e disse que no próximo dia 26 de abril será realizada em Teresina a convenção estadual da sigla, quando assumirá a presidência do Diretório Estadual e promoverá a filiação de seis prefeitos, vários vereadores e pré-candidatos nas eleições de 2020.
Evaldo Gomes explicou que deixou o PTC - partido pelo qual se elegeu vereador de Teresina e deputado estadual por três vezes - porque a sigla não atingiu a cláusula de barreira imposta pela legislação eleitoral. “Eu e a deputada federal Dra. Marina agora somos do Solidariedade e vamos fazer da sigla uma agremiação forte, elegendo muitos prefeitos e vereadores no próximo ano”, afirmou.
Ele disse que o partido teve até janeiro passado um deputado na Assembleia Legislativa, o Dr. Pessoa, e agora volta a ter representatividade no parlamento estadual.  “Aproveito aqui para convidar o nosso presidente Themístocles Filho e os demais deputados e amigos para a nossa festa do dia 26 de abril”, ensejou.
Themístocles Filho disse que se o PTC não atingiu a cláusula de barreira não foi por culpa de Evaldo Gomes, pois no Piauí o partido teve votos de sobra e até elegeu uma deputada federal, “o que é muito difícil”. Para ele, o desempenho em outros estados é que prejudicou a sigla.
Durvalino Leal

 

O deputado Evaldo Gomes anunciou hoje  (7) nos pequenos avisos durante a sessão ordinária a sua filiação ao partido Solidariedade em uma solenidade simples, em seu gabinete,  e disse que no próximo dia 26 de abril será realizada em Teresina a convenção estadual da sigla, quando assumirá a presidência do Diretório Estadual e promoverá a filiação de seis prefeitos, vários vereadores e pré-candidatos nas eleições de 2020.

Evaldo Gomes explicou que deixou o PTC - partido pelo qual se elegeu vereador de Teresina e deputado estadual por três vezes - porque a sigla não atingiu a cláusula de barreira imposta pela legislação eleitoral. “Eu e a deputada federal Dra. Marina agora somos do Solidariedade e vamos fazer da sigla uma agremiação forte, elegendo muitos prefeitos e vereadores no próximo ano”, afirmou.

Ele disse que o partido teve até janeiro passado um deputado na Assembleia Legislativa, o Dr. Pessoa, e agora volta a ter representatividade no parlamento estadual.  “Aproveito aqui para convidar o nosso presidente Themístocles Filho e os demais deputados e amigos para a nossa festa do dia 26 de abril”, ensejou.

Themístocles Filho disse que se o PTC não atingiu a cláusula de barreira não foi por culpa de Evaldo Gomes, pois no Piauí o partido teve votos de sobra e até elegeu uma deputada federal, “o que é muito difícil”. Para ele, o desempenho em outros estados é que prejudicou a sigla.

 


Durvalino Leal - Edição: Katya D'Angelles 

Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí