Fábio Novo elogia iniciativa de pousada em abolir o canudo plástico
20/02/2019 13h57

 

O deputado Fábio Novo (PT) voltou a defender o projeto de lei de sua autoria, em parceria com a colega Teresa Britto (PV) que proibe o uso de canudos plásticos nos estabelecimentos comerciais. Ele disse que a previsão de multa é de R$ 1 a 5 mil reais, conforme o porte do estabelecimento, podendo chegar ao fechamento, em caso de desobediência.
Segundo o deputado, os estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, bem como o Distrito Federal, já proíbem a utilização do canudo plástico. Ele citou exemplos de vários fabricantes de produtos que já traziam o canudo acoplado e hoje não trazem mais. Uma pousada em Barra Grande, no norte do Estado, comunicou que já aboliu o uso do canudo plástico – disse o deputado.
A deputada Teresa Britto citou em aparte uma frase de sua autoria, “o lixo não voa, não anda, mas está em todo lugar”, para em seguida rebater aqueles que dizem que os ambientalistas são loucos. Ela disse que antes se dizia muito que era preciso preservar as gerações futuras, mas hoje é preciso preservar também as gerações presentes sobre //os malefícios dos crimes ambientais.
O deputado Fábio Novo concluiu seu pronunciamento falando sobre avanços da tecnologia em defesa da natureza, como o automóvel elétrico e a produção de energia eólica. Ele destacou avanço do Piauí na produção desse tipo de energia. Pediu a atenção dos colegas para a importância de seu projeto sobre os canudos plásticos, admitindo que no futuro será preciso também combater o uso do copo plástico.
Repórter: Raimundo Cazé.


O deputado Fábio Novo (PT) voltou a defender o projeto de lei de sua autoria, em parceria com a colega Teresa Britto (PV), que proibe o uso de canudos plásticos nos estabelecimentos comerciais. Novo disse que a previsão de multa é de R$ 1 a R$ 5 mil reais, conforme o porte do estabelecimento, podendo chegar ao fechamento, em caso de desobediência.

Segundo o deputado, os estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, bem como o Distrito Federal, já proíbem a utilização do canudo plástico. O deputado citou o exemplo de vários fabricantes de produtos que já traziam o canudo acoplado à embalegtem de bebidas e hoje não trazem mais. Uma pousada em Barra Grande, a Bob Z, no litoral do Piauí, comunicou ao deputado que já aboliu o uso do canudo plástico.

A deputada Teresa Britto citou em aparte uma frase de sua autoria, “o lixo não voa, não anda, mas está em todo lugar”, para em seguida rebater aqueles que dizem que os ambientalistas são loucos. A deputada disse que antes se dizia muito que era preciso preservar as gerações futuras, mas hoje é preciso preservar também as gerações presente sobre os malefícios dos crimes ambientais.

O deputado Fábio Novo concluiu o pronunciamento falando sobre avanços da tecnologia em defesa da natureza, como o automóvel elétrico e a produção de energia eólica. E destacou o avanço do Piauí na produção desse tipo de energia. Fábio Novo pediu a atenção dos colegas para a importância de seu projeto sobre os canudos plásticos, admitindo que no futuro será preciso também combater o uso do copo plástico.

Raimundo Cazé - Edião: Paulo Pincel

 

Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí