Deputados comentam suas expectativas de trabalho
01/02/2019 15h51

A expectativa de parlamentares para o novo pleito é de otimismo. No foco da maioria dos parlamentares estão Educação e Segurança, como prioridade.

 

O deputado Zé Santana (MDB) disse com o senso de responsabilidade aumentada terá como prioridades para esse pleito, manter o equilíbrio, diante das dificuldades pelas quais passa o Estado e o País, e focar as ações, para o social.

 

“Vamos buscar não medir esforço em relação a primeira infância, no sentido de que a vida do povo do Piauí possa melhorar cada vez mais, principalmente aquelas pessoas que mais precisam”, observou. Zé Santana falou também sobre a permanência do deputado Themístocles Filho (MDB), na Casa, e ressaltou ser o atual presidente da Alepi tem feito um excelente trabalho e, nesse momento de transição em que se vivencia, com a mudança do Governo Federal, é fundamental que se tenha na Alepi, alguém com a experiência e capacidade de poder conduzir a Casa, ao melhor destino.

 

Para Doutor Hélio (PR), o compromisso será de trabalhar  é de ajudar o Piauí a seguir em frente, buscando desenvolvimento e, sobretudo, uma condição de melhor de vida, para toda a população. Como prioridades, ele disse serão aquelas que casam com as demandas da população. “Queremos e desejamos uma saúde mais próxima da população de onde o cidadão mor. Questões de investimentos, para que tenhamos maior tranqüilidade em uma sociedade com menos violência, e um choque na educação, para que as pessoas que sejam oriundas da escola pública, possam ter, efetivamente, uma condição de aprendizado melhor”, disse o parlamentar.

 

A necessidade de todos os Governos em fazer ajustes foi uma das abordagens da fala do deputado João Mádison (MDB). “Não podemos contar apenas com o Governo Federal, temos que fazer a nossa parte e iremos fazer. Mas acho que a maior reforma a ser feita é a previdenciária. O Governo Federal precisa fazer essa reforma, para que nós possamos, também, aqui, estarmos fazendo a nossa e, melhorando o nosso estado. Sem essa reforma previdenciária, não é possível tirar os estados da falência”, observou João Mádison.

 

Sobre a eleição da Mesa Diretora da Alepi, o parlamentar ressaltou que o consenso foi o resultado esperado, porque todos estavam trabalhando para isso.  “Ele já fez muito, pediu mais dois anos, e é merecido esse consenso em torno do nome dele. Nós esperamos que essa Casa possa fazer as reformas que o Governador mandar e, melhorando ainda mais, aquilo que for mandado para esta Casa”, acrescentou.

 

 “Nós temos um foco, ao longo de todos os mandatos, na educação, na qualidade do ensino, principalmente na qualificação dos professores, na infra-estrutura das escolas públicas, porque  nenhum país pode crescer e se tornar um país de primeiro mundo, se não investir na educação pública”, disse o deputado Wilson Brandão (Progressistas).

 

“Essa é minha meta, até hoje, e continuará sendo, durante os próximos quatro anos”, enfatizou. Ele falou ainda sobre o consenso em torno do nome do deputado Themístocles Filhos, para continuar à frente da presidência da Casa. “Na paz, conseguimos montar uma chapa  que é consenso na Assembleia e é importante a unidade do Poder Legislativo, nesse momento”, frisou.

 

Hélio Isaías (Progressistas) disse que se sente renovado ao assumir mais uma vez o mandato, e com a mesma garra e mesmo desejo de trabalhar, como se fosse seu primeiro mandato. 

 

Lindalva Miranda - Edição: Katya D'Angelles 

Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí