Francisco Costa parabeniza serviço de neurocirurgia do hospital de Floriano
19/02/2021 10h32

 

Deputado Francisco Costa parabeniza serviço de neurocirurgia do hospital de Floriano
Nesta sexta-feira (19), o serviço de neurocirurgia do Hospital Regional Tibério Nunes, de Floriano, completa 4 anos, contabilizando como principais resultados a quantidade e a qualidade de atendimentos e a redução da mortalidade de pacientes vítimas de acidentes de trânsito e doenças cerebrovasculares, que tiveram a chance de um diagnóstico e tratamento precoce possibilitada pela descentralização do atendimento, que levou esse tipo de assistência para mais perto do usuário.
“Quando fui secretário de Saúde tive a alegria de levar esse projeto importante para a região com o apoio do nosso governador Wellington Dias. Hoje, colhemos os frutos já que muitos pacientes deixam de ser transferidos para a capital Teresina, pois Floriano atende de forma muito satisfatória o paciente oriundo do politrauma. Parabéns a todos que fazem o Hospital Regional Tibério Nunes, em especial a equipe da neurocirurgia”, disse o deputado Francisco Costa.
O Hospital de Floriano foi o primeiro no centro-sul do Piauí a ofertar o serviço de neurocirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). E isso tornou Floriano uma referência regional em saúde da alta qualidade, comparável a grandes centros hospitalares. Foram mais de 9 mil atendimentos no pronto-socorro e 4 mil consultas ambulatoriais, no período.
“Mais de 13 mil pacientes deixaram de se deslocar até Teresina para serem atendidos por um médico neurocirurgião. Isso permitiu maior celeridade no diagnóstico e tratamento, diminuição dos gastos com transporte de pacientes, diminuição da lotação do Hospital de Urgências de Teresina e, o mais importante, diminuiu a mortalidade dos pacientes vítimas de trauma e doenças cerebrovasculares do interior do estado”, comemora o neurocirurgião Cleciton Braga Tavares, coordenador da Neurocirurgia do Hospital Regional Tibério Nunes.
A implantação do serviço foi feita na gestão do então secretário estadual da Saúde Francisco Costa, hoje deputado estadual. “E foi fruto da união de um grupo de jovens neurocirurgiões com o desejo de descentralizar o atendimento do neurotrauma e do interesse da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí em levar mais especialidades e alta complexidade aos hospitais regionais do interior do Piauí”, conta Cleciton.
Dos mais de 9 mil atendimentos no pronto-socorro, 2.048 pessoas necessitaram de internação hospitalar em enfermaria, 832 cirurgias foram realizadas e 392 pacientes foram internados na unidade de terapia intensiva no período, segundo dados do setor. Com esse atendimento da equipe multidisciplinar, muitas vidas foram salvas.O tempo na assistência, sem necessidade de deslocar o paciente para Teresina, é outro grande diferencial na redução da mortalidade e também da possibilidade do paciente sobreviver sem ou com menos sequelas.
Para implantação da neurocirurgia - com atendimento de urgência e emergência, ambulatorial e em procedimento cirúrgico, a Secretaria de Estado da Saúde dotou o Hospital com o Centro de Diagnóstico por Imagem, com equipamentos adquiridos com recursos de emenda parlamentar do então deputado federal Assis Carvalho(PT/PI), falecido em julho de 2020.


Nesta sexta-feira (19), o serviço de neurocirurgia do Hospital Regional Tibério Nunes, de Floriano, completa quatro anos, contabilizando como principais resultados a quantidade e a qualidade de atendimentos e a redução da mortalidade de pacientes vítimas de acidentes de trânsito e doenças cerebrovasculares, que tiveram a chance de um diagnóstico e tratamento precoce possibilitada pela descentralização do atendimento, que levou esse tipo de assistência para mais perto do usuário.

“Quando fui secretário de Saúde tive a alegria de levar esse projeto importante para a região com o apoio do nosso governador Wellington Dias. Hoje, colhemos os frutos já que muitos pacientes deixam de ser transferidos para a capital Teresina, pois Floriano atende de forma muito satisfatória o paciente oriundo do politrauma. Parabéns a todos que fazem o Hospital Regional Tibério Nunes, em especial a equipe da neurocirurgia”, disse o deputado Francisco Costa.

O Hospital de Floriano foi o primeiro no centro-sul do Piauí a ofertar o serviço de neurocirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). E isso tornou Floriano uma referência regional em saúde da alta qualidade, comparável a grandes centros hospitalares. Foram mais de 9 mil atendimentos no pronto-socorro e 4 mil consultas ambulatoriais, no período.

“Mais de 13 mil pacientes deixaram de se deslocar até Teresina para serem atendidos por um médico neurocirurgião. Isso permitiu maior celeridade no diagnóstico e tratamento, diminuição dos gastos com transporte de pacientes, diminuição da lotação do Hospital de Urgências de Teresina e, o mais importante, diminuiu a mortalidade dos pacientes vítimas de trauma e doenças cerebrovasculares do interior do estado”, comemora o neurocirurgião Cleciton Braga Tavares, coordenador da Neurocirurgia do Hospital Regional Tibério Nunes.

A implantação do serviço foi feita na gestão do então secretário estadual da Saúde Francisco Costa, hoje deputado estadual. “E foi fruto da união de um grupo de jovens neurocirurgiões com o desejo de descentralizar o atendimento do neurotrauma e do interesse da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí em levar mais especialidades e alta complexidade aos hospitais regionais do interior do Piauí”, conta Cleciton.

Dos mais de 9 mil atendimentos no pronto-socorro, 2.048 pessoas necessitaram de internação hospitalar em enfermaria, 832 cirurgias foram realizadas e 392 pacientes foram internados na unidade de terapia intensiva no período, segundo dados do setor. Com esse atendimento da equipe multidisciplinar, muitas vidas foram salvas.O tempo na assistência, sem necessidade de deslocar o paciente para Teresina, é outro grande diferencial na redução da mortalidade e também da possibilidade do paciente sobreviver sem ou com menos sequelas.

Para implantação da neurocirurgia - com atendimento de urgência e emergência, ambulatorial e em procedimento cirúrgico, a Secretaria de Estado da Saúde dotou o Hospital com o Centro de Diagnóstico por Imagem, com equipamentos adquiridos com recursos de emenda parlamentar do então deputado federal Assis Carvalho(PT/PI), falecido em julho de 2020.

Assessoria parlamentar - Edição: Katya D'Angelles

Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí