Bloco PT/PTB/PCdoB quer indicar dois membros em cada comissão técnica
12/02/2021 10h33

 

O deputado estadual Dr. Francisco Costa (PT) acha que o bloco formado pelo seu partido aliado ao PTB e ao PC do B terá direito a uma significativa participação da formação das onze comissões da Assembleia Legislativa. Ele disse que o bloco tem onze parlamentares e reivindica seus espaços com a indicação. “Queremos duas vagas titulares e duas suplências em cada comissão”, afirmou.
Ele afirmou que está buscando mediar a participação de outros representantes tanto do bloco como dos outros partidos da base governista para que, indicados os nomes, possam ser escolhidos o presidente e vice-presidente. “Vamos assegurar os espaços tanto de quem é da oposição quanto de todos os representantes da base do governador Wellington Dias”, afirmou.
Outro deputado do PT que está trabalhando na formação das comissões é Cícero Magalhães. Ele quer a presidência da Comissão de Constituição e Justiça para o bloco, além do comando de outras importantes comissões. Ele argumenta que a CCJ foi presidida em 2019 pelo PP, no ano passado pelo MDB e agora é a vez do PT.
Durvalino Leal

O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Dr. Francisco Costa (PT), acredita que o bloco formado poelo PT/PTB e PCdoB terá direito a uma significativa participação da formação das onze comissões técnicas da Casa.  O parlamentar argumenta que o bloco partidário conta com onze deputados e por isso tem direito a indicar mais representantes nas comissões. “Queremos duas vagas de titulares e duas suplências em cada comissão”, defendeu.

Costa está buscando mediar a participação de outros representantes tanto do bloco como dos outros partidos da base governista para que, indicados os nomes, possam ser escolhidos o presidente e vice-presidente de cada uma das comissões já na próxima semana.

“Vamos assegurar os espaços tanto de quem é da oposição quanto de todos os representantes da base do governador Wellington Dias”, adiantou.

Outro deputado do PT que trabalha a formação das comissões é Cícero Magalhães, quer reivindica a presidência da Comissão de Constituição e Justiça para o bloco PT/PTB/PCdoB, além do comando de outras importantes comissões. Cícero argumenta que a CCJ foi presidida em 2019 pelo PP, no ano passado pelo MDB e agora seria a vez do PT, entende.

Durvalino Leal - Edição: Katya D'Angelles

Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí