Nerinho aposta em consenso na formação das comissões técnicas
10/02/2021 15h55


O deputado Nerinho (PTB) disse que os partidos que formam o bloco de apoio ao governo estadual estão conversando para definir os deputados que vão fazer parte das onze comissões técnicas da Assembleia Legislativa, cada uma composta por 14 membros, sendo sete titulares e sete suplentes, mas ele aposta em consenso para as definições dos nomes.


“Vou colocar o meu nome à disposição do bloco que é composto pelo PT, PTB, PC do B. Vamos conversar e ver qual é o melhor, caso venham formar com a gente outros partidos. Aqui eu sou um soldado do bloco e vamos conversar com o líder, deputado Francisco Limma, com o deputado Dr. Francisco Costa, com o deputado Franzé e ver qual é o melhor caminho”, afirmou.

 

Nerinho disse também que se houver necessidade de que ele permaneça em alguma comissão ou componha a formação de outra não vai criar nenhum problema. “Caso achem necessário indicar outro nome não tenho nenhuma objeção. Só sei de uma coisa: não vai ter confusão”, disse.

 

Sobre o momento político vivido pelo PTB, ele disse que a situação é delicada porque existe uma determinação nacional de que a sigla não deve fazer coligações com os partidos de esquerda. O presidente nacional Roberto Jefferson baixou uma resolução proibindo esses acordos políticos, dentro do estatuto partido, com os onze partidos de esquerda.

“Vocês são sabedores de que nós fazemos parte da base governista. Tanto eu como a deputada Janaina Marques. Sei que a janela partidária só vai ser aberta em abril de 2022, mas até lá nós vamos procurar uma solução para que, em permanecendo assim, a gente saia do partido”, acentuou.

 

O deputado declarou ainda que o ex-senador João Vicente Claudino está solidário com os dois deputados do PTB e já se colocou à disposição e sabe que se a resolução não mudar a saída será sair do partido.

 

Durvalino Leal - Edição: Katya D'Angelles 

Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí