Luciano Nunes

Deputado: Luciano Nunes
Partido: PSDB
Legislatura: 2015-2018
Email: lucianonunes@alepi.pi.gov.br
Home Page: www.deputadolucianonunes.com.br

Curriculum:

Luciano Nunes Santos Filho, casado e pai de dois filhos, nasceu em Teresina em 07 de outubro de 1977, mas tem raízes em Oeiras e Valença. Formou-se em Direito, no ano de 2001, inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, é pós-graduado em Direito Administrativo pela Faculdade Cândido Mendes – RJ, e mestrando em Direito pela Universidade Católica de Brasília - UCB.

Filiou-se ao Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB em setembro de 2001.  Entrou para a política em 2002, e com apenas 24 anos elegeu-se deputado estadual com uma quantidade expressiva de votos: 21.414. Luciano Nunes foi reeleito deputado estadual em 2006. Exerceu o cargo de secretário da executiva estadual do PSDB, foi presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV), e atualmente é o presidente regional do partido. No exercício do seu segundo mandato, Luciano Nunes foi convidado pelo então prefeito de Teresina, Sílvio Mendes, para assumir a Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (SEMA) Durante os três anos em que esteve à frente da SEMA, Luciano Nunes incentivou a qualificação profissional dos servidores da Prefeitura de Teresina, bem como aprovou e implementou o Plano de Cargos, Carreira e Salários dos servidores municipais. Iniciou o Projeto Servidor Universitário, que valorizou os servidores, dando-lhes mais oportunidades de estudo, e que financiava desde o pré-vestibular até o curso superior. Além disso, ofereceu cursos de Especialização em Gestão Pública aos servidores, para que eles cuidassem e valorizassem ainda mais as pastas que ocupam. 

Ainda durante a sua gestão na SEMA foram realizadas ações como: reforma que tornou a administração municipal mais racional e econômica; consolidado o pregão eletrônico gerando uma economia de 30%; realizados vários concursos públicos; ampliado o programa servidor Pré-Universitário; implantado o programa de Pós-Graduação em Gestão de Cidades, possibilitando especialização na Fundação Getúlio Vargas aos gestores municipais; além de realizar anualmente a Semana do Servidor Municipal, desenvolvendo atividades como a Feira do Servidor Empreendedor, premiação do servidor do ano de cada órgão, entre outras ações que valorizam os funcionários. 

Em sua atividade parlamentar, Luciano Nunes integrou delegações, comissões e foi um representante legítimo do seu partido dentro da Assembleia Legislava do Piauí (ALEPI).  Na Assembleia, foi vice-líder do PSDB nos anos de 2002 e 2003 e líder do partido em 2006. Atuou em diversas comissões, presidindo as comissões de Infraestrutura e de Fiscalização, Finanças, Orçamento e Controle. Além disso, foi vice-presidente da Comissão de Administração Pública e membro efetivo, por duas vezes, da Comissão de Constituição e Justiça, bem como relator do Orçamento Geral do Estado do ano de 2005. Luciano Nunes também foi membro da Delegação Nacional dos Legislativos Estaduais (UNALE) em visitas oficiais ao México, em janeiro de 2005, e aos Estados Unidos da América, em abril do mesmo ano, além de ser representante da Mesa Diretora da UNALE na ALEPI.

Participou como membro da Comissão Representativa do Brasil no Encontro de Jovens Políticos Latino-Americanos, evento promovido pela FUNDACION CAROLINE e Ministério das Relações Exteriores da Espanha, e realizado em novembro de 2005 na cidade de Madrid, na Espanha.  Apresentou projetos de lei atendendo aos anseios da sociedade piauiense. É de sua autoria a Lei Ordinária Nº 5.370 de 09 de janeiro de 2004, que dispõe sobre a obrigatoriedade da realização do exame de Emissões Evocadas Otoacústicas, o teste da orelinha.

A lei obriga todas as maternidades, hospitais, postos e centros de saúde públicos, e as maternidades e hospitais privados conveniados ao Sistema Único de Saúde, a realizarem de forma gratuita o exame em recém-nascidos.É de sua autoria também as seguintes leis: Lei Ordinária Nº 5.360 de 23 de abril de 2004, que reconhece de utilidade pública o Núcleo Rainha dos Apóstolos da Associação das Senhoras da Caridade de São Vicente de Paulo AIC – Regional Piauí; Lei Ordinária Nº 5.411 de 06 de dezembro de 2004, que reconhece de utilidade pública a Associação Regional das Senhoras da Caridade de São Vicente de Paulo – Piauí; Lei Ordinária Nº 5.443 de 09 de maio de 2005, que reconhece de utilidade pública a União do Movimento da Região da Grande Socopo – UNESOCOPO; Lei Ordinária Nº 5.472 de 02 de agosto de 2005, que institui o Projeto de Iniciativa Compartilhada e adota outras providências. Este ano, o deputado estadual ocupa pela terceira vez cadeira na Assembleia Legislativa do Piauí com o compromisso de ser uma das vozes ativas da oposição na casa. O deputado foi reeleito com 37.860 votos, 2,27% dos votos dos piauienses, e ficou na décima colocação entre as 30 vagas disponíveis para a ALEPI.